Verdades secretas sobre o digital influencer

Instagrow Brasil #1 em Marketing, Influenciadores Digitais, Tecnologias Disruptivas e Sorteios no Instagram

Agora que você já aprendeu tudo sobre a profissão mais hype do momento (sabia que já tem até graduação nessa área?), bateu aquela vontade de ser um digital influencer? Caso a resposta seja sim, mas você ainda tem algumas dúvidas de como esse universo funciona, não se preocupe: desvendamos todos os segredos dos influenciadores e vamos contar tudo para você!

gif-selfie-digital-influencer-postgrain
  • Como ser um deles?

Nem só de fotos, viagens e “mimos” vive um digital influencer, viu? É preciso lidar com questões comerciais e finanças, desenvolver bons conteúdos que atraiam o público certo, saber como funcionam os principais canais digitais e ter pelo menos noção de como utilizar ferramentas para personificar o seu trabalho.

É fundamental também escolher o nicho em que você quer dedicar-se, sim porque não adianta sair atirando para todos os lados, achando que vai ganhar muito dinheiro com todo tipo de publicidade, quando na verdade aquela marca não faz o seu perfil. Lembre-se: seja sempre você. Não finja, as marcas sabem quando se trata de um fake, assim como os consumidores também.  

  • Escolha o nicho

Determine um segmento que você tem propriedade e conhecimento suficiente pra atacar. Feito isso, aborde temas referentes e mantenha a linha escolhida nos conteúdos. Isso possibilita que marcas dentro do seu perfil te procurem para fechar negócio, que é uma maneira bem comum de consolidar contratos.

Outra forma de gerar receita para essa profissão, e também para quem não quer esperar uma empresa vir até você, é o próprio influencer entrar em contato com a marca (ou marcas) que se identifica e enviar o seu ‘mídia kit’, com uma boa apresentação, salientando o seu interesse em fazer algum tipo de parceria ou contrato com ela.

pinterest-midia-kit-digtal-influencer-postgrain
  • Produza bons conteúdos

Criar e manter a frequência de bons conteúdos é primordial para construir laços e estabelecer um relacionamento de confiança com o seu público. Assim como servirá para medir a audiência e os resultados que cada conteúdo traz individualmente através da análise de métricas. É por eles que você vai determinar o que é válido ou não para a sua estratégia (sim, os influenciadores também precisam de uma estratégia). 

  • Quanto devo cobrar?

Influenciador ganha dinheiro ou é tudo permuta? Bom, um pouco de cada. No início muitos aceitam permuta por quererem conquistar espaço e, até depois de algum tempo no mercado, acabam aceitando porque lhes convêm, depende muito de cada um. Porém, permuta não paga conta no mundo real. Ser um influenciador gera custos como qualquer outra profissão.

Alguns precisam de assessoria, contador, assistente comercial, editor de vídeo, etc. Por isso é preciso estabelecer um preço certo por um publipost ou qualquer outra forma de anúncio. A grande questão é: como cobrar?

Bom, não existe um padrão, é preciso pesquisar de acordo com o seu nicho e região, assim como é preciso acertar o tipo de publicidade que será desenvolvida junto com a empresa contratante. Um influenciador pode ganhar dinheiro de diversas formas com a sua imagem além de posts patrocinados: presença em eventos, palestras, anúncios, cursos online, etc.

A diversidade de formatos é enorme, basta encontrar o que você mais se identifica e criar um preço baseado na média do mercado e levando em consideração o seu custo para realizar aquele trabalho.

Uma pesquisa realizada recentemente pela Revista Forbes aponta que um influenciador já consolidado chega a ganhar no Brasil entre R$ 50 mil e R$ 150 mil por campanha no YouTube, enquanto canais menores recebem entre R$ 1 mil a R$ 5 mil, números que mudam bastante de acordo com o canal de mídia escolhido:

forbes-influenciadores-postgrain

Ranking digital influencer – Revista Forbes

No Instagram esse número muda de acordo com a influência da personalidade. Um perfil com 100 mil seguidores pode receber entre 5 mil e 10 mil por um publipost. Nas outras redes esse número diminui devido a o menor engajamento alcançado pelas plataformas.

Independente do valor acertado, se é parceria, permuta ou contrato. É importante que ambas as partes assinem documentos referentes ao principais deveres de ambas as partes, um contrato escrito e bem feito, com tudo acertado evita futuras dores de cabeça.

gif-quanto-ganha-um-digital-influencer-postgrain
  • Paciência e mais paciência

Se você seguiu todas as nossas dicas e ainda assim não entrou no top dez dos maiores influenciadores digitais do mundo, não se preocupe. Uma das principais características dos profissionais dessa área é ter paciência, afinal, nenhum sucesso vêm sem esforço. É interessante testar todos os canais e ver qual o formato o seu perfil mais se encaixa, seria melhor estar presente no Youtube ou Instagram? Ou você funcionaria melhor com um blog?

gif-rihanna-digital-influencer-postgrain

Você só vai saber se tentar! Lembrando que é preciso reconhecer a importância do micro-influenciador. Muitas empresas têm apostado neste tipo de influencer por transparecer a persona de “pessoa real”, imagem diferente daqueles “influencers top 10” onde já existe uma imagem estereotipada e muitas vezes inalcançável, dependendo do nicho da sua marca.

  • Influencer x influencer

É interessante fazer uma collab com outros influenciadores iniciantes que estão no mercado a pouco tempo como você para atrair maior visibilidade. É importante também combinar com o outro influencer a divulgação do perfil ou canal do outro para os dois saírem ganhando na história. Não é preciso de contas com mais de 1M para fazer parcerias legais, acredite.

Outra dica é participar de tags e comentários e estar sempre ligado(a) nos trends do momento. Estar ativo nas redes mostra o quão antenado você está e o quanto pode contribuir positivamente para o engajamento daquele tópico. Como falamos acima, existem agências especializadas em marketing de influência, onde você pode se cadastrar e ficar em uma espécie de banco de dados.

Sendo assim, quando uma empresa quiser um influenciador x para uma campanha, ele tem acesso a esse banco e a agência intermedia esse contato.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: